ASSPROM | Adolescentes e jovens participam de ato público em combate ao trabalho infantil
25520
post-template-default,single,single-post,postid-25520,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,qode-theme-ver-1.9,wpb-js-composer js-comp-ver-4.6.2,vc_responsive

Adolescentes e jovens participam de ato público em combate ao trabalho infantil

Adolescentes e jovens participam de ato público em combate ao trabalho infantil

10:41 13 junho em Noticias
0 Comentários

No dia 10 de junho, aconteceu o ato público em alusão ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Trabalho Infantil, 12 de junho. Centenas de adolescentes e jovens da Assprom participaram do evento.

O evento aconteceu no quarteirão fechado do Teatro Cine Brasil, na Praça 7 de Setembro, centro de Belo Horizonte, e contou com apresentações musicais e culturais e distribuição de material informativo. A ação teve como objetivo sensibilizar o cidadão a não remunerar o trabalho infantil, prática que compromete o desenvolvimento saudável, o desempenho escolar e que coloca em risco crianças e adolescentes.

Para a coordenadora do Fórum de Erradicação e Combate ao Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador, Elvira Cosendey, a comemoração dessa data é muito importante. “Nós temos que saber que embora a gente tenha reduzido bastante o número de crianças e adolescentes trabalhando no nosso país, no nosso estado e na nossa cidade, ainda encontramos crianças que perdem a vida na labuta, no trabalho infantil, então nesse dia é importante a gente estar se mobilizando, conscientizando a sociedade, os professores, os pais e as próprias crianças, com o sentido de assegurar o direito ao não trabalho”, afirma.

A Secretária de Direitos e Cidadania da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Gláucia Brandão, também ressaltou a importância da data. “É muito importante esta reunião aqui, junto com a Prefeitura, com o conselho, com a sociedade civil organizada, porque todos nós somos responsáveis pela política da criança e do adolescente, pela garantia, promoção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Parabéns a todos que estão aqui e que se envolveram com essa luta. Estamos juntos por uma sociedade melhor e mais justa e equânime na garantia de seus direitos. Um abraço a todos e a luta continua no dia a dia”, frisou.

Para adolescente trabalhadora Ingrid Gomes reforça o significado da ação. “O 12 de junho é uma data importantíssima para alertar sobre os prejuízos do trabalho infantil. Estamos aqui para alertar a sociedade sobre este problema tão comum de ser encontrado entre nós. Lugar de criança é na escola e brincando e não trabalhando”, finalizou.

Sem Comentários

Adicione um comentário

Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On InstagramVisit Us On Linkedin